Comunicação Oral

25/03/2021 - 16:30 - 18:00
CC50 - Eixo 7 - Educação e planejamento em saúde

35372 - EXPERIÊNCIA DO NÚCLEO DE APOIO PEDAGÓGICO E PSICOSSOCIAL DE UMA UNIVERSIDADE FEDERAL DURANTE A PANDEMIA DO CORONAVÍRUS
MELISSA ALMEIDA SILVA - UFBA, ANA CARLA CARVALHO COELHO - UFBA, ANDREA LUIZA DA SILVA SESTELO - UFBA, CAROLINA DE MELO CONTREIRAS ALVES - UFBA, CAROLINA DE SOUZA MACHADO - UFBA, GUSTAVO EMANUEL MENEZES - UFBA, LAIS CHAGAS DE CARVALHO - UFBA, SUELLEN DAMENI PEREIRA DIAS - UFBA, VIVIANE DE OLIVEIRA MUTTI - UFBA


Resumo
O apoio pedagógico e psicossocial surge como uma ferramenta institucional de apoio a comunidade acadêmica no enfrentamento dos desafios diários inerentes ao campo da formação. O objetivo deste relato é compartilhar a experiência de um Núcleo de Apoio Pedagógico e Psicossocial (Napp) de uma Escola de Enfermagem de uma Universidade Pública Federal do Nordeste do Brasil durante a pandemia do Coronavírus. Metodologia: Relato da experiência dos membros de um Napp que atuaram através de atendimentos individuais virtuais, apresentações de conteúdo ao vivo, trazendo convidados para abordagem de diversos temas relacionados à pedagogia, saúde mental e assistência social. O público-alvo das ações foram 66 docentes, 23 servidores técnicos, 334 estudantes (matriculadas em 2020.1). Resultados: O grupo participou de reuniões internas e reuniões colegiadas, realizou transmissões ao vivo de temas pertinentes, com mais de 2.440 visualizações até outubro de 2020, realizou 1 consultoria para implantação do Napp na Faculdade de Odontologia. Em uma enquete com estudantes atendidas individualmente, 23 delas realizaram avaliações positivas, a avaliação positiva também é manifestada pelo corpo docente e técnico nas reuniões; O período foi considerado uma experiência desafiadora e gratificante pelos membros do Napp.


Introdução
O apoio pedagógico e psicossocial surge como uma ferramenta institucional de apoio à comunidade acadêmica no enfrentamento dos desafios diários inerentes ao campo da educação. Muito tem sido escrito acerca, por exemplo, do sofrimento psíquico de professores e estudantes na universidade1,2, entretanto são poucas as publicações encontradas no sentido do enfrentamento desses problemas. O Núcleo de Apoio Pedagógico e Psicossocial (Napp) da Escola de Enfermagem de uma Universidade pública federal surgiu da necessidade de estruturação de um serviço que atendesse à comunidade acadêmica, apoiando nos aspectos pedagógicos, psicológicos e no serviço social. Durante a pandemia do Coronavírus, quando o isolamento social foi uma imposição necessária, o trabalho do Napp se fez ainda mais necessário e desafiador. O objetivo deste relato é descrever a experiência do Núcleo durante a pandemia.


Objetivos
Compartilhar a experiência do Núcleo de Apoio Pedagógico e Psicossocial de uma Escola de Enfermagem de uma Universidade Pública Federal do Nordeste do Brasil durante o isolamento social imposto pela pandemia do Coronavírus.


Metodologia
O Napp planejou atendimentos individuais virtuais. Além disso, organizou apresentações de conteúdo ao vivo, trazendo convidados para abordagem de diversos temas relacionados à pedagogia, saúde mental e assistência social. O público-alvo das ações continuou sendo o corpo docente, discente e os servidores técnico-administrativos. A adaptação para utilização das redes sociais foi um desafio nesse processo, uma vez que permitiu a divulgação e a realização das atividades. O Napp conta com um núcleo de atendimento composto por uma psicóloga, uma pedagoga e uma assistente social e um grupo de trabalho (GT) que conta ainda com 2 representantes docentes e 4 discentes (graduação e pós-graduação), direção, colegiado de graduação e dois representantes docentes. O público-alvo são 66 docentes, 23 servidores técnicos, 334 estudantes (matriculadas em 2020.1)³.


Resultados e Discussão
O semestre letivo foi oficialmente suspenso em 16 de março de 2020. Desde então, o Napp, além de reuniões internas, participou de outras reuniões (colegiadas; com estudantes/interlocução com docentes; com GT-Acolhimento/Acessibilidade); manteve publicações semanais, incluindo transmissões ao vivo sobre temáticas de interesse nas redes sociais da Escola; realizou atendimento pedagógico, psicológico e social individual remoto; prestou consultoria para implementação do NAPP da Faculdade de Odontologia; participou do Comitê de enfermagem para o enfrentamento do COVID19, do Projeto saúde mental, do GT-Ações Pedagógicas e deu também suporte às demandas da comunidade acadêmica durante o Semestre Letivo Suplementar, iniciado em setembro de 2020. As atividades de rotina suspensas foram as oficinas e o acompanhamento pedagógico das turmas. Em uma enquete feita entre as estudantes que passaram pelo atendimento individual por telefone, 23 (19 graduação, 3 mestrado, 1 doutorado) avaliaram positivamente e todas indicariam a um colega, 3 delas sugeriram atendimento também por videochamada. Os membros no Napp têm considerado esse um período desafiador, mas que evidencia a força do apoio mútuo.


Conclusões / Considerações finais
A manutenção do trabalho do Napp durante o isolamento social imposto pela pandemia do Coronavírus foi de grande importância para manutenção do acolhimento a grande parte das demandas psicológicas, pedagógicas e sociais da comunidade acadêmica. Em um período permeado por sentimentos de fragilidade, dúvida e medo, contar com o apoio profissional, além de reforçar o vínculo, dá apoio nas formas de enfrentamento dos desafios impostos. O limite deste relato encontra-se no alcance do atendimento, restrito aos que têm acesso a equipamentos (smartfone, computador, etc) e meios (internet de qualidade), o que, numa universidade pública, com grande parte dos estudantes advindos de condições de vulnerabilidade social, torna-se muito evidente e impactante.


Referências
1 Graner KM, Cerqueira ATAR, Revisão Integrativa: sofrimento psíquico em estudantes e fatores associados. Cienc. Saúde Coletiva [Internet]. 2019, 24(4):1327-1346. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/1413-81232018244.09692017.

2 SILVA ANDREY FERREIRA DA, ESTRELA FERNANDA MATHEUS, LIMA NAYARA SILVA, ABREU CARLOS TIBÚRCIO DE ARAÚJO. Saúde mental de docentes universitários em tempos de pandemia. Physis [Internet]. 2020 [cited 2020 Oct 05] ; 30( 2 ): e300216. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-73312020000200315&lng=en. Epub July24, 2020. . https://doi.org/10.1590/s0103-73312020300216

3 Pro-Reitoria de Desenvolvimento de Pessoas. Sistema Integrado de Gestão de Recursos Humanos. Disponível em: , acessado em 05 de outubro de 2020.

Trabalhos Aprovados

Veja as orientações sobre a apresentação dos trabalhos.

SAIBA MAIS
Programação Científica

Consulte a programação completa das palestras e cursos disponíveis.

SAIBA MAIS
Informações Importantes

Informe-se!
Veja as últimas notícias!

SAIBA MAIS