Sessão Assíncrona

23/03/2021 - 09:00 - 18:00
SA61 - Eixo 7 - RESIDÊNCIAS EM SAÚDE E A FORMAÇÃO PARA O SUS (TODOS OS DIAS)

34702 - MUDANÇA DE OPINIÕES DE PARTICIPANTES DE UM PROJETO VOLTADO PARA A GESTÃO DE PROGRAMAS DE RESIDÊNCIA E PRECEPTORIA
ROMEU GOMES - IEP/HOSPITAL SÍRIO-LIBANÊS, EVERTON SOEIRO - IEP/HOSPITAL SÍRIO-LIBANÊS, JOSÉ MAURÍCIO DE OLIVEIRA - IEP/HOSPITAL SÍRIO-LIBANÊS, ADRIANA BARBIERE FELICIANO - UFSCAR, ALTAIR MASSARO - IEP/HOSPITAL SÍRIO-LIBANÊS, EDSON MALVEZZI - IEP/HOSPITAL SÍRIO-LIBANÊS, ROSELI FERREIRA DA SILVA - IEP/HOSPITAL SÍRIO-LIBANÊS, VERA LÚCIA GARCIA - IEP/HOSPITAL SÍRIO-LIBANÊS


Resumo
O trabalho tem como objetivo analisar os efeitos de um processo educacional pautado pela abordagem construtivista na mudança de concepção dos participantes de um projeto acerca de gestão de programas de residência, residência e preceptoria. Antes do início e no final de duas iniciativas educacionais do projeto, os participantes responderam a perguntas abertas sobre gestão, residência e preceptoria. Nos dois momentos, foi avaliada a relação das respostas com um quadro de 10 indicadores e 32 descritores a eles relacionados. Foram utilizados tratamentos estatísticos de teste de hipótese e tendência central. Como resultado, observou-se que a mudança das opiniões dos participantes foi evidenciada pelo aumento em mais de 50% das presenças dos descritores dos indicadores nas respostas dos concluintes com p significativo, revelando que, ao término das iniciativas educacionais, as respostas dos participantes foram mais qualificadas. Concluiu-se que a reflexão sobre a gestão de residências e o papel de preceptores como disparadores da aprendizagem e a utilização de saberes prévios em diálogo com novos desafios promoveram capacidades profissionais mais alinhadas com o perfil de competência das mencionadas iniciativas. Assim, o aumento percentual das respostas coerentes com os indicadores da avaliação atestou a eficácia dos processos empreendidos no âmbito do projeto.

Introdução
O Projeto Desenvolvimento da Gestão de Programas de Residência e da Preceptoria no SUS – DGPSUS (1), edição 2018/2020, integra o Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde – PROADI SUS, desenvolvido pelo Hospital Sírio-Libanês (HSL) em parceria com o Ministério da Saúde (MS), bem como com a participação do Conselho Nacional de Secretários da Saúde (CONASS) e do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS). Seu objeto prioritário é a qualificação dos programas de residência em saúde e da preceptoria de residentes e graduandos no SUS, por meio de intervenções no contexto real do mundo do trabalho onde se inserem os participantes. O DGPSUS, dentre suas dimensões, envolve duas iniciativas educacionais: Aperfeiçoamento em Gestão de Programas de Residência em Saúde no SUS – GPRS e Especialização em Educação na Saúde para Preceptores no SUS – PSUS, envolvendo 40 municípios-região. Um dos indicadores para avaliar a eficácia das iniciativas educacionais se refere à mudança de opinião de seus participantes acerca de gestão de programas de residência, residência e preceptoria.

Objetivos
Analisar os efeitos de um processo educacional pautado pela abordagem construtivista na mudança de concepção dos participantes acerca de gestão de programas de residência, residência e preceptoria.

Metodologia
Antes do início GPRS e PSUS, os cursistas responderam a perguntas abertas sobre programa de residência, exercício de preceptoria e acompanhamento de uma intervenção no âmbito da residência. No final, o mesmo questionário foi disponibilizado. Nos dois momentos, foi registrado se as ideias das respostas tinham ou não relação com um quadro de 10 indicadores e 32 descritores a eles relacionados, com os registros de Sim ou Não, respectivamente. Tal quadro foi construído e validado por 55 docentes do projeto. Do conjunto dos participantes que responderam ao questionário, tiveram as suas respostas analisadas somente os que responderam antes e no final das iniciativas educacionais. Na análise comparativa foram utilizados tratamentos estatísticos de teste de hipótese e tendência central.

Resultados e Discussão
Do total dos 950 matriculados, 743 responderam ao questionário antes e depois desses cursos, sendo que 388 participantes responderam ao questionário nos dois momentos. Esse número de participantes pode ser visto como muito bom, uma vez que Evans e Mathur (2) observam que, ao contrário do que se pensa popularmente, os levantamentos online nem sempre obtêm uma maior taxa de respostas em relação aos demais tipos de levantamentos. Considerando os 388 participantes que participaram nos dois momentos multiplicados pelos 32 descritores, seriam obtidas 12.416 respostas. Para o Momento-1 o total de respostas “Sim” para os 32 descritores foi de 2.394 (19.36% do total) e para o Momento-2 de 6.766 (54.95% do total de respostas). Nesse momento, a média de respostas “Sim” por aluno foi de 6,17. Já no Momento-2, a média de respostas “Sim” por aluno foi de 17.44. A mudança das opiniões dos participantes foi evidenciada pelo aumento em mais de 50% das presenças dos descritores dos indicadores nas respostas dos concluintes com p significativo, revelando que, ao término das iniciativas educacionais, as respostas dos participantes foram mais qualificadas.

Conclusões / Considerações finais
Dentre as conclusões, observa-se que houve um deslocamento de ideias vagas emitidas nas respostas do momento inicial para a apresentação de opiniões mais fundamentadas, no momento final. A abordagem construtivista (3) adotada pelas iniciativas educacionais parece ser um dos aspectos que tenha contribuído para esse resultado positivo, uma vez que – com ancoragem nessa abordagem – promove-se o protagonismo dos participantes no seu próprio processo de aprendizagem. Nesse sentido, a reflexão sobre a gestão de residências e o papel de preceptores como disparadores da aprendizagem e a utilização de saberes prévios em diálogo com novos desafios promoveram capacidades profissionais mais alinhadas com o perfil de competência dessas iniciativas. Em síntese, verificou-se o aumento percentual das respostas coerentes com todos os descritores dos indicadores de avaliação atesta a eficácia dos processos empreendidos no âmbito do Projeto DGPSUS.

Referências
(1) Instituto Sírio-Libanês de Ensino e Pesquisa. Caderno do projeto: desenvolvimento da gestão e da preceptoria no SUS - DGPSUS 2018-2020. São Paulo: Hospital Sírio-Libanês; Ministério da Saúde; 2019.
(2) Evans JR, Mathur A. The value of online surveys. Internet Research 2005; 15(2):195 – 219.
(3) Lima VV. Espiral construtivista: uma metodologia ativa de ensino-aprendizagem. Interface. 2017; 219(61):421-34.

Trabalhos Aprovados

Veja as orientações sobre a apresentação dos trabalhos.

SAIBA MAIS
Programação Científica

Consulte a programação completa das palestras e cursos disponíveis.

SAIBA MAIS
Informações Importantes

Informe-se!
Veja as últimas notícias!

SAIBA MAIS